52 anos de história

Era sábado, 20 de outubro de 1962. Nesta data, nem mesmo os mais entusiasmados esportistas de Seara imaginariam a proporção que o Clube Atlético Juventus conquistaria mais de 50 anos depois.

Tudo começou quando o senhor Victório Pierozan fez a doação de um terreno que serviria para a prática do futebol. Por isso, o Estádio que ainda hoje abriga o clube tem o seu nome. Mais tarde, graças a doação de terreno por Luiz Biondo e Egon Fritz foram construídas também as canchas de bocha.

Os fundadores do Juventus foram: Alvo Dallago, Deolindo Zílio, Agenor Francisco Zílio, Evilasio Provenci, Dorvalino Canalle, Reinaldo Rossari, Caetano de Marco, Luiz Biffi, Domingos Sfredo, Ernesto Rossari, Urbano Edgar Finger, Adolfo Schonell, Antônio Osmar Paludo, Dorvalino José Rech, Artêmio Paludo, Waldecir Paludo, Victório Pierozan, Francisco Mafessoni, Fiorelo Trentini, Benjamin Provensi, Arlindo Zolett, Walter Rossari, Waldemar Zonta, Wilmar Garcia, Rodolfo Delugokinski, Rosalino Nardi, Hilário Canalle, Fiorelo Nardi, Agostinho Machado, Ivo Provensi e Vitório Sabadin.

O atual presidente do Juventus, Sadi Balbinot não deixa de destacar que “o clube já contou com 30 presidentes e estes, além de todos os que já estiveram envolvidos com a associação sempre trabalharam com responsabilidade e paixão pelo esporte, defendendo o time e o município”. O primeiro presidente foi Antonio Osmar Paludo, no ano de 1967.

Em 2013 começou-se a projetar uma nova era para esta história. O clube que já conquistara diversos títulos no esporte amador e com um excelente trabalho com as categorias de base, iniciaria no ano seguinte sua trajetória no cenário profissional do futebol de campo. Através da iniciativa do empresário da Rede Schumann, André Schumann, hoje o Juventus figura nas competições oficiais de Santa Catarina.

A expectativa é grande para o futuro. Mas a preocupação do clube vai além das quatro linhas. O Juventus também lançou neste ano, em parceria com a Administração Municipal de Seara o projeto Primeiro Passe. O objetivo é formar cidadãos, com ênfase nas áreas sociais e culturais através do esporte. Mais de 100 crianças participam de oficinas culturais e esportivas e têm o acompanhamento socioassistencial necessário para o seu desenvolvimento.

Através de convênios com a Administração Municipal de Seara, Governo de Estado e mais tarde com patrocínios de empresas como Rede Schumann, Finco Alimentos, AFRIB Alimentos e multinacionais como Acer e Leadership, as atividades são mantidas e o estádio foi totalmente reestruturado.

Foram muitas mudanças, mas ainda há muito a fazer. Além da busca para chegar a elite do futebol catarinense o presidente Sadi enfatiza que “não vamos parar por ai, ainda temos mais reformas para fazer no estádio e queremos buscar a construção da sede social para o clube, que vai oferecer mais alternativas de lazer para a nossa comunidade”. Para isso, já estão em andamento um projeto com o Governo do Estado e com o Ministério do Esporte em Brasília.

 

Fonte: Soraia Budke

 

1413854185_sem_titulo

Deixar um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)

Patrocinadores